Tecnologia

A tecnologia de RFID tem suas raízes nos sistemas de radares utilizados na Segunda Guerra Mundial. Os alemães descobriram que se os seus pilotos girassem seus aviões quando estivessem retornando à base iriam modificar o sinal de rádio que seria refletido de volta ao radar. Esse método simples alertava os técnicos responsáveis pelo radar que se tratava de aviões alemães (esse foi, essencialmente, considerado o primeiro sistema passivo de RFID).

Essencialmente, o RFID é uma tecnologia de identificação que usa as ondas de rádio para descobrir e se comunicar com materiais e produtos específicos. O sistema elimina o contato físico e a conferência visual. A vantagem é melhorar a eficiência, a exatidão e a qualidade da leitura. Essa tecnologia permite aplicações comerciais de gerenciamento para todos os ramos de atividade que exigem segurança, precisão e alto controle da informação, tanto em setores públicos como privados. Ainda conta com integração de outras tecnologias de auto identificação, como Datamatrix e GPS.